Whiskey & Wealth Club ganha ação histórica e retratação de falsas acusações pelo Conselho de Valores Mobiliários do Estado do Texas

Comissão de Valores Mobiliários diz que comerciante atacadista com sede em Dublin e Londres não viola a lei de valores mobiliários e confirma que é livre para negociar paletes e barris de uísque escocês e irlandês

DUBLIN e LONDON–(BUSINESS WIRE)–Em uma rara reviravolta na lei de valores mobiliários nos Estados Unidos, o Conselho de Valores Mobiliários do Estado do Texas desistiu de seu próprio caso contra a Whiskey & Wealth Club.

A Comissão de Valores Mobiliários emitiu uma decisão histórica em 7 de julho de 2022, retirando todas as sete acusações infundadas contra um dos principais comércios atacadistas de barris de uísque do mundo.

A Whiskey & Wealth oferece aos investidores privados e institucionais a oportunidade de comprar “single malt” premium e “single pot still new-make spirit” a preços de atacado das principais destilarias da Irlanda e Escócia.

A disputa legal ocorre depois que o comissário de valores mobiliários do Texas, Travis J. Iles, divulgou um comunicado à imprensa, juntamente com uma ordem de cessação e desistência em 2 de novembro de 2021, acusando a Whiskey & Wealth de se envolver em fraude ao vender títulos não registrados nos EUA.

A decisão agora confirma que a Whiskey & Wealth não se envolve em investimentos ou negociação de valores mobiliários sob a lei dos EUA, o que significa que é como comprar artigos colecionáveis, como arte, um relógio ou um carro.

A resolução final legitimamente abandona – em sua totalidade – todas as alegações de que a Whiskey & Wealth Club estava operando uma oferta de valores mobiliários em violação às leis específicas dos EUA. Tal desistência é extremamente rara e só ocorre quando claramente justificada. O fato de a Whiskey & Wealth Club ter ganho a ação é uma prova do que disse o tempo todo: as acusações eram claramente falsas.

Antes que qualquer evidência fosse apresentada, a Comissão de Valores Mobiliários afirmou que a Whiskey & Wealth Club “participava de fraude em relação à oferta de venda de títulos” que ameaçava causar um “dano irreparável” ao público. Declarações que agora foram totalmente retiradas.

Sobre a desistência, o cofundador da Whiskey & Wealth, Jay Bradley, comentou que a decisão agora abre caminho para o florescimento de um modelo de negócios altamente regulamentado nos Estados Unidos, onde as vendas de uísque irlandês – o destilado premium que mais cresce no mundo – devem ultrapassar o scotch até 2030.

“Esta é uma vitória muito importante para a Whisky & Wealth Club em um caso que paira sobre nossos negócios há oito meses e que custou uma quantia significativa em honorários legais, recursos drenados, difamou nossa empresa, mas agora abre caminho para nosso negócio atacadista de barris prospere nos Estados Unidos e no mundo inteiro”, disse Bradley.

“O Conselho de Valores Mobiliários atirou primeiro para perguntar depois, em uma atitude que foi no mínimo imprudente. Ele já corrigiu seu erro e reconheceu nossa cooperação substancial com a investigação. A retratação e arquivamento do caso é a coisa mais próxima de um pedido de desculpas que vamos receber”, complementou.

A decisão fornece um retrato fascinante da estrutura legal e comercial do investimento em uísque de barril, cobrindo aspectos como armazenamento de destilaria, seguro, propriedade e o funcionamento interno dos regulamentos WOWGR da HMRC – as normas específicas dos armazéns e proprietários de mercadorias armazenadas.

Ambas as partes estão agora preparadas para trabalhar mais de perto em relação a uma das classes de ativos com melhor desempenho do mundo, já que os preços e a demanda por uísque irlandês, escocês, bourbon, japonês e australiano continuam crescendo a um ritmo de dois dígitos.

A ordem legal afirma que a Whiskey & Wealth Club cooperou totalmente com a Divisão de Execução do Conselho de Valores Mobiliários do Estado do Texas e forneceu registros e informações relevantes sobre seus negócios, conforme solicitado.

Ela acrescentou: “O réu (Whiskey & Wealth Club) estabeleceu certas defesas, incluindo que não ofereceu ou vendeu títulos, não atuou como revendedores e não se envolveu em violações deliberadas da Lei de Valores Mobiliários. De acordo com essas defesas, o réu apresentou informações suficientes para concluir que a desistência da Ordem de Emergência é justificada”.

Após a decisão histórica, o CEO e cofundador da Whiskey & Wealth Club, Scott Sciberras, disse que a ordem de cessação e desistência de emergência, juntamente com o aparente julgamento pelos meios de comunicação, poderia ter amplas ramificações financeiras e de reputação para qualquer negócio.

“Acreditamos que a prática dos EUA de emitir um comunicado de imprensa prejudicial no mesmo dia de uma ordem legal, sem ver ou ouvir qualquer evidência, chegando mesmo a acusar uma empresa de fraude – e depois retirar todas essas alegações oito meses depois, pode ter um impacto desastroso na maioria dos negócios. Esse tipo de estratégia jurídica e de relações públicas, onde uma agência estatal atira primeiro e pergunta depois, é inédito na Irlanda, no Reino Unido ou em países da Commonwealth.

Felizmente para nós, conseguimos resistir a essa tempestade graças à nossa base de clientes incrivelmente leal e novos clientes, que foram capazes de ver além das declarações e alegações feitas pelo Conselho de Valores Mobiliários do Estado do Texas”.

Sciberras acrescentou: “Trabalhamos em estreita colaboração com o Conselho de Valores Mobiliários do Estado do Texas para educá-los sobre o processo de compra e venda de uísque em barril por atacado e sobre como nosso modelo de negócios funciona, e continuaremos trabalhando com eles no futuro”.

Para mais informações, acesse: https://whiskeywealthclub.com/whiskey-wealth-club-fraud-case-dismissed-landmark-decision-in-united-states/

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

Contacts

Assessoria de Imprensa:

Zoë Jones

Diretora de RP

44 (0)20 3129 1639

z.jones@whiskeywealthclub.com

Selección de Europa Rup

Denver Tech Center CPA Firm Recognized as Runner Up “Best Colorado Accounting Firm” by Colorado Biz Magazine

GREENWOOD VILLAGE, Colo.--(BUSINESS WIRE)--Gomerdinger CPAs was awarded “runner up” in the 2022 Colorado Biz Magazine’s “Best of Colorado” Annual Readers’ Poll special supplement. CEO,...

Glancy Prongay & Murray LLP Reminds Investors of Looming Deadline in the Class Action Lawsuit Against Missfresh Limited (MF)

LOS ANGELES--(BUSINESS WIRE)--Glancy Prongay & Murray LLP (“GPM”) reminds investors of the upcoming September 12, 2022 deadline to file a lead plaintiff motion in...

Leading manufacturer of engineered plastics becomes Viaflex

Raven Engineered Films adopts a new name after its acquisition by Industrial Opportunity Partners in April SIOUX FALLS, S.D.--(BUSINESS WIRE)--Today, Sioux Falls-based Raven Engineered Films...